top of page

É doce, delicioso e cheio de coisas boas, mas escolher o certo pode ser confuso

Atualizado: 9 de jun. de 2023

E aí…

O mel é um delicioso adoçante natural com proteínas, enzimas, fitonutrientes, antioxidantes e propriedades antibacterianas e antifúngicas. Pode ajudar a curar uma infinidade de doenças, desde a acne até a saúde intestinal.

Mas na hora de escolher o mel, todas as opções que existem podem deixar sua cabeça confusa. Aqui estão algumas dicas para a próxima vez que você estiver em sua busca por mel. (eu nem vou tocar em Manuka neste post, porque esse é um outro tópico, mas você pode pensar nisso como um mel com superpoderes).

Como escolher o seu mel

  1. Mesmo que a frente do rótulo diga “mel puro”, você deve ler o verso do rótulo e certificar-se de que o único ingrediente é o mel

  2. Opte pelo mel em potes de vidro. O mel é frágil e não é tão estável em plástico (o mesmo que seus óleos e gorduras de cozinha)

  3. Procure Raw (mel cru). Muitas das opções de mel que vemos na loja são claras e fáceis de analisar um recipiente. Esse tipo de mel geralmente é pasteurizado para criar um xarope. Embora isso possa ser conveniente, danifica o mel. A pasteurização usa altas temperaturas que destroem enzimas e vitaminas encontradas naturalmente no mel (assim como o leite).

  4. Baixo teor de água – Se você virar o frasco de cabeça para baixo e ver bolhas de ar subindo rapidamente, o teor de água provavelmente é maior do que deveria. Quanto mais água em seu mel, mais suscetível é a levedura e fermentação. Espero que vocês tenham achado isso útil. Lembre-se sempre, até mesmo adoçantes naturais incríveis como o mel são uma forma de açúcar, então aproveite com moderação.

Vanessa Bonafini – Terapeuta Holística

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page