top of page

5 Maneiras Simples de Reduzir a Inflamação Crônica

Atualizado: 15 de fev.




Tentar decodificar os sinais que nossos corpos nos enviam pode parecer um quebra-cabeça gigante às vezes. Por que nos sentimos ótimos em alguns dias e ruins em outros? E o que esses sintomas irritantes realmente significam?


Eu sei como esse tipo de incerteza pode ser frustrante. Você quer e merece se sentir bem. E você pode. Tudo começa conectando os pontos entre suas escolhas de estilo de vida os alimentos que você come, quanto sono e exercícios você obtém, os estressores que enfrenta diariamente e seu bem-estar geral.


Porque a verdade é que essas influências internas e externas têm o poder de nos nutrir, mas também podem enganar nossos corpos para pensar que estão sob ataque e enviar nosso sistema imunológico ao caos total. Essa é a raiz da inflamação crônica, e é exatamente sobre isso que quero falar com você hoje.


Na última década, tenho renovado tudo, desde meu carrinho de supermercado até minha bolsa de maquiagem e minha mente, em um esforço para atualizar meu sistema imunológico. E quando passei de uma vida estressante cheia de fast food, toxinas e pessoas ruins para uma existência mais equilibrada, cheia de nutrição baseada em plantas, crescimento interior e vida consciente, comecei a experimentar as vantagens a inflamação crônica diminuiu e meu corpo começou a trabalhar melhor e reconstruir.


Quer começar a ligar os pontos em sua própria vida? Primeiro, vamos aprender sobre inflamação aguda e crônica, uma vez que desempenham papéis muito diferentes em nossa saúde cotidiana.


O que é inflamação?


A inflamação aguda é a resposta imune natural e útil do seu corpo ao dano tecidual. Quando você cai da bicicleta, o corte incha, fica vermelho e parece inflamado. Todos esses são sinais de que seu sistema imunológico está ocupado enviando glóbulos brancos para o local da lesão para reparar o tecido. Nessa situação, a inflamação é nossa amiga não poderíamos viver sem ela.


A inflamação crônica é a resposta imune confusa e prejudicial do seu corpo a uma enxurrada de invasores ambientais, físicos e mentais, que vêm na forma de coisas como má alimentação, produtos químicos tóxicos e estresse.


Os perigos da inflamação crônica


Com o tempo, a inflamação crônica desgasta seu sistema imunológico, o que pode levar a doenças crônicas e outros problemas de saúde, incluindo câncer, asma, doenças autoimunes, alergias, síndrome do intestino irritável, artrite, osteoporose. Infelizmente, esses desafios geralmente são tratados apenas com medicamentos e cirurgia, que podem proporcionar alívio temporário dos sintomas, mas não tratam a raiz do problema. Além disso, esses medicamentos e seus efeitos colaterais às vezes só aumentam seus problemas de saúde.


Será que muitos medicamentos em seu armário são apenas band-aids e que a chave para a saúde está em sua dieta diária e escolhas de estilo de vida? Isso é certamente o que eu descobri ser verdade.


Mas tenho boas notícias. Existem muitas práticas simples que você pode incorporar em sua vida diária para combater a inflamação crônica. Aqui estão as minhas 5 principais dicas anti-inflamatórias para você começar.


5 maneiras simples de acabar com a inflamação crônica

1. Coma mais alimentos integrais, à base de plantas e ricos em nutrientes.


Elimine os alimentos que causam inflamação (açúcar refinado e farinha, lixo processado, produtos de origem animal, etc.) comendo alimentos integrais à base de plantas. Folhas verdes escuras, tomates, nozes, frutas vermelhas, cerejas, azeite e óleo de linhaça, açafrão (ou mais especificamente, curcumina, que é um produto químico natural com propriedades anti-inflamatórias) e gengibre são todos anti-inflamatórios potências inflamatórias. Comê-los regularmente inundará seu corpo com as vitaminas, minerais, fitoquímicos que combatem o câncer, antioxidantes, fibras e outras guloseimas necessárias para se recuperar da inflamação crônica.


Ah, e não se esqueça de se manter hidratado. A hidratação adequada ajuda a diminuir a inflamação e pode até impedir que isso aconteça em primeiro lugar, então beba muita água.


2. Cuide do seu intestino!


Seu intestino contém aproximadamente 70% do seu sistema imunológico, por isso é um ótimo lugar para começar se você deseja reduzir a inflamação crônica. E se seu intestino está em mau estado, seu sistema imunológico pode estar com sérios problemas. Uma maneira fácil de começar a melhorar sua saúde intestinal é adicionar um probiótico de alta qualidade à sua rotina diária.


Se você estiver com inchaço prolongado, gases ou outros desconfortos digestivos, tomar enzimas digestivas com as refeições pode ajudá-lo a obter mais nutrição da sua comida, além de melhorar a digestão e aumentar o sistema imunológico. Outra explicação potencial para os sintomas inflamatórios pode ser a síndrome do intestino irritável.


Essa condição pode ocorrer se o seu intestino estiver danificado, permitindo que bactérias, alimentos não digeridos e outras toxinas literalmente “entrem” na corrente sanguínea. O vazamento desencadeia uma resposta autoimune e uma série de sintomas inflamatórios dolorosos. Se você acha que pode ter intestino irritável.


3. Encontre um médico integrativo de sua confiança e trabalhe em conjunto para identificar potenciais sensibilidades alimentares e infecções crônicas (ou ocultas).


Falando em médicos, encontrar o correto é uma parte crítica de reduzir a inflamação crônica pela raiz. Um bom médico integrativo adotará uma abordagem holística, observando seus hábitos e a maneira como você conduz sua vida, ajudando-o a identificar e abordar possíveis gatilhos de inflamação crônica. Aqui estão dois em particular que eles podem estar atentos.


Sensibilidades alimentares: Glúten, soja, laticínios, ovos e fermento são apenas alguns dos alimentos problemáticos comuns que podem estar causando estragos em seu sistema imunológico toda vez que você se senta para uma refeição. Se você acha que pode ter uma sensibilidade ou alergia, comece a prestar muita atenção ao que está comendo e como isso faz você se sentir. Se os sintomas persistirem, informe seu médico sobre o que você notar eles podem sugerir um exame de sangue ou uma dieta de eliminação.


Infecção crônica: Bactérias, vírus, leveduras, parasitas. Esses podem estar se escondendo em seu corpo sob o radar e prejudicando seu sistema imunológico. Se a infecção crônica for uma suspeita comunique médico pode solicitar exames.


Seu corpo está trabalhando duro para reparar e restaurar suas células enquanto você dorme. A maioria dos médicos recomenda 7/8 horas de sono por noite. Se você está com dificuldades para dormir avise seu médico.


O estresse anda de mãos dadas com a falta de sono e uma longa lista de demandas em nossas vidas diárias. Infelizmente, quando você está estressado o tempo todo, também está produzindo mais do hormônio cortisol o melhor amigo da inflamação. Você pode reduzir a inflamação crônica concentrando-se na redução do estresse, seja por meio de mais sono,yoga, meditação, longas caminhadas, menos tecnologia ou férias muito necessárias.


5. Reduza as toxinas em seus alimentos, produtos domésticos e de cuidados pessoais.


O sistema de alarme do seu corpo dispara quando você absorve produtos químicos tóxicos e pesticidas através do trato digestivo e da pele. E você sabe o que isso significa… inflamação.

Felizmente, existem algumas mudanças pequenas e simples que você pode fazer para começar a se proteger imediatamente. E, por favor, não sinta que precisa jogar tudo fora da sua casa e começar do zero, comece devagar.


Lembre-se, pequenos passos levam a grandes mudanças. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de combater a inflamação crônica. Comece com apenas uma dessas sugestões e veja como você se sente. Aposto que você vai começar a notar a diferença e vai querer construir mudanças.


Sua vez: você luta com inflamação crônica? Qual dessas dicas você vai tentar? Ou, se você tem suas próprias dicas de combate à inflamação, conte-me tudo sobre elas, mal posso esperar para ouvir de você nos comentários abaixo.




0 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page