top of page

5 práticas de autocuidado para todas as áreas da sua vida



O autocuidado, como o nome sugere, é cuidar de si mesmo para garantir que suas necessidades físicas e emocionais sejam atendidas. Todas as atividades de alívio do estresse do mundo não ajudarão se você não estiver cuidando de si mesmo. A meditação não fará nenhum bem se você não estiver dormindo o suficiente. Na verdade, quando você tenta meditar, pode cochilar porque não está cuidando da necessidade de sono do seu corpo.

Da mesma forma, ir à academia de vez em quando não aliviará muito o estresse se você não estiver alimentando seu corpo regularmente com alimentos saudáveis ​​e ricos em nutrientes. Você precisa cuidar primeiro de suas necessidades básicas se quiser que suas atividades de alívio do estresse sejam eficazes.

O que é autocuidado?

O autocuidado foi definido como "um processo multidimensional e multifacetado de envolvimento intencional em estratégias que promovem o funcionamento saudável e aumentam o bem-estar”. Essencialmente, o autocuidado significa um ato consciente que as pessoas realizam para promover sua própria saúde física, mental e emocional.

O autocuidado é vital para criar resiliência em relação aos estressores da vida que você não pode eliminar. Quando você tomar medidas para cuidar de sua mente e corpo, estará mais bem equipado para viver sua melhor vida.

Infelizmente, porém, muitas pessoas veem o autocuidado como um luxo, e não como uma prioridade. Consequentemente, eles se sentem sobrecarregados, cansados ​​e mal equipados para lidar com os inevitáveis ​​desafios da vida.

É importante avaliar como você está cuidando de si mesmo em vários domínios diferentes para garantir que está cuidando de sua mente, corpo e espírito.

Diferentes tipos de autocuidado

O autocuidado não é apenas encontrar maneiras de relaxar. Trata-se de cuidar de si mesmo mentalmente, fisicamente, emocionalmente, socialmente e espiritualmente. Para cuidar da sua saúde e bem-estar, é importante encontrar um equilíbrio que lhe permita abordar cada uma destas áreas. Às vezes, você pode precisar de mais autocuidado em uma área específica para restaurar o equilíbrio ou encontrar alívio para um estressor em sua vida.


1- Autocuidado físico

Você precisa cuidar do seu corpo se quiser que ele funcione com eficiência. Tenha em mente que há uma forte conexão entre seu corpo e sua mente. Ao cuidar do seu corpo, você também pensará e se sentirá melhor.

O autocuidado físico inclui como você está alimentando seu corpo, quanto sono você está recebendo, quanta atividade física você está fazendo e quão bem você está cuidando de suas necessidades físicas. Comparecer às consultas de saúde, tomar a medicação prescrita e cuidar da sua saúde fazem parte de um bom autocuidado físico.

Quando se trata de autocuidado físico, faça a si mesmo as seguintes perguntas para avaliar se pode haver algumas áreas que você precisa melhorar:

  • Você está dormindo adequadamente?

  • Sua dieta está alimentando bem o seu corpo?

  • Você está cuidando da sua saúde?

  • Você está fazendo exercícios suficientes?

2- Autocuidado Social

A socialização é fundamental para o autocuidado. Mas, muitas vezes, é difícil arranjar tempo para os amigos e é fácil negligenciar seus relacionamentos quando a vida fica corrida.

Conexões próximas são importantes para o seu bem-estar. A melhor maneira de cultivar e manter relacionamentos íntimos é dedicar tempo e energia para construir seus relacionamentos com os outros.

Não há um certo número de horas que você deve dedicar aos seus amigos ou trabalhar em seus relacionamentos. Todo mundo tem necessidades sociais ligeiramente diferentes. A chave é descobrir quais são suas necessidades sociais e criar tempo suficiente em sua agenda para criar uma vida social ideal.

Para avaliar seu autocuidado social, considere:

  • Você está tendo bastante tempo cara a cara com seus amigos?

  • O que você está fazendo para nutrir seus relacionamentos com amigos e familiares?

3- Autocuidado mental

A maneira como você pensa e as coisas com as quais está preenchendo sua mente influenciam muito seu bem-estar psicológico.

O autocuidado mental inclui fazer coisas que mantêm sua mente afiada, como quebra-cabeças ou aprender sobre um assunto que o fascina. Você pode descobrir que ler livros ou assistir a filmes que o inspiram alimenta sua mente.

O autocuidado mental também envolve fazer coisas que ajudam você a se manter mentalmente saudável. Praticar autocompaixão e aceitação, por exemplo, ajuda a manter um diálogo interior mais saudável.

Aqui estão algumas perguntas a serem consideradas quando você pensa sobre seu autocuidado mental:

  • Você está reservando tempo suficiente para atividades que o estimulam mentalmente?

  • Você está fazendo coisas proativas para ajudá-lo a se manter mentalmente saudável?

4- Autocuidado Espiritual

A pesquisa mostra que um estilo de vida que inclui religião ou espiritualidade é geralmente um estilo de vida mais saudável.

Nutrir seu espírito, no entanto, não precisa envolver religião. Pode envolver qualquer coisa que o ajude a desenvolver um senso mais profundo de significado, compreensão ou conexão com o universo.

Quer você goste de meditar, assistir a um serviço religioso ou orar, o autocuidado espiritual é importante.

Ao considerar sua vida espiritual, pergunte-se:

  • Que perguntas você faz a si mesmo sobre sua vida e experiência?

  • Você está envolvido em práticas espirituais que considera satisfatórias?

5- Autocuidado emocional

É importante ter habilidades de enfrentamento saudáveis ​​para lidar com emoções desconfortáveis , como raiva, ansiedade e tristeza. O autocuidado emocional pode incluir atividades que o ajudem a reconhecer e expressar seus sentimentos com regularidade e segurança.

Quer você converse com um parceiro ou amigo próximo sobre como se sente, ou reserve um tempo para atividades de lazer que o ajudem a processar suas emoções, é importante incorporar o autocuidado emocional em sua vida.

Ao avaliar suas estratégias de autocuidado emocional, considere estas questões:

  • Você tem maneiras saudáveis ​​de processar suas emoções?

  • Você incorpora atividades em sua vida que o ajudam a se sentir recarregado?

Por que o autocuidado é importante?

Ter uma rotina de autocuidado eficaz demonstrou ter uma série de benefícios importantes para a saúde. Alguns deles incluem:

  • Redução da ansiedade e depressão

  • Reduzindo o estresse e melhorando a resiliência

  • Melhorando a felicidade

  • Aumentando a energia

  • Reduzindo o esgotamento

  • Relações interpessoais mais fortes

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o autocuidado é importante porque pode ajudar a promover a saúde, prevenir doenças e ajudar as pessoas a lidar melhor com elas.

Formas específicas de autocuidado também têm sido associadas a diferentes benefícios de saúde e bem-estar, incluindo uma vida mais longa. Exercício, encontrar um senso de propósito na vida e dormir foram todos conectados a um aumento da expectativa de vida.

Desenvolva seu plano de autocuidado

Um plano de autocuidado eficaz deve ser adaptado à sua vida e às suas necessidades. Precisa ser algo criado por você, para você. Personalizar seu próprio plano de autocuidado pode atuar como uma medida preventiva para garantir que você não fique sobrecarregado, estressado e esgotado.

Avalie quais áreas da sua vida precisam de mais atenção e autocuidado. E reavalie sua vida com frequência. À medida que sua situação muda, é provável que suas necessidades de autocuidado também mudem.

Conforme você está construindo seu plano de autocuidado, as seguintes etapas podem ser úteis:

  • Avalie suas necessidades : Faça uma lista das diferentes partes de sua vida e das principais atividades nas quais você se envolve todos os dias. Trabalho, escola, relacionamentos e família são alguns que você pode listar.

  • Considere seus estressores : pense nos aspectos dessas áreas que causam estresse e considere algumas maneiras de lidar com esse estresse.

  • Elabore estratégias de autocuidado : pense em algumas atividades que você pode fazer para ajudá-lo a se sentir melhor em cada uma dessas áreas de sua vida. Passar tempo com amigos ou desenvolver limites , por exemplo, pode ser uma forma de construir conexões sociais saudáveis.

  • Planeje desafios : quando você descobrir que está negligenciando um determinado aspecto de sua vida, crie um plano de mudança.

  • Dê pequenos passos : você não precisa resolver tudo de uma vez. Identifique um pequeno passo que você pode dar para começar a cuidar melhor de si mesmo.

  • Programe um tempo para se concentrar em suas necessidades : mesmo quando você sentir que não tem tempo para fazer mais uma coisa, faça do autocuidado uma prioridade . Ao cuidar de todos os aspectos de si mesmo, você descobrirá que é capaz de operar com mais eficácia e eficiência.

As demandas de sua vida diária podem ditar que tipo de autocuidado você mais precisa. Um plano de autocuidado para um estudante universitário ocupado que se sente mentalmente estimulado o tempo todo e tem uma vida social agitada pode precisar enfatizar o autocuidado físico. Uma pessoa aposentada, por outro lado, pode precisar incorporar mais autocuidado social em sua agenda para garantir que suas necessidades sociais sejam atendidas.

O autocuidado não é uma estratégia de tamanho único. Seu plano de autocuidado precisará ser personalizado de acordo com suas necessidades e com o que está acontecendo em sua vida. Você não quer esperar até chegar ao seu ponto de ruptura. O objetivo é tomar medidas todos os dias para garantir que você esteja recebendo o que precisa para lidar com o estresse e os desafios que enfrenta em sua vida diária.


Vanessa Bonafini - Terapeuta Holística



0 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page