top of page

Como gerencio a incerteza

Atualizado: 26 de fev.

Se você é como eu, a incerteza pode ser dos maiores produtores de ansiedade da vida e se for libriana piorou . Eu acho que como seres humanos está arraigado em nós querer saber o que vai acontecer, ter certeza de que estaremos seguros e confiar que nossos melhores interesses sempre serão atendidos. Como todos sabemos muito bem, simplesmente não podemos ter certeza dessas coisas o tempo todo ou que tal nunca!


Certamente, podemos ter uma idéia confiante de como certos cenários podem se desenrolar, podemos tomar ações para avançar nossos objetivos e desejos e podemos até explorar nossos sentidos intuitivos confiando que tudo ficará bem. Mas também sabemos que a vida é imprevisível e pode haver situações que nos colocam à beira de nossos assentos que nos fazem sentir vítimas do mundo ao nosso redor, quem poderia imaginar que 2020 aconteceria essa pandemia no mundo e todos os problemas políticos e situações racistas que tem acontecido aqui no EUA e no Brasil ?


Certamente parece que os tempos em que estamos vivendo agora são o epítome da incerteza. Direita? Simplesmente não sabemos o que vai acontecer no dia a dia e eu não sei sobre você mas me encontro na beira do meu colapso ansiando por respostas e garantias e uma sensação de conforto.


Sei o quão estonteante pode ser sentir constantemente que seu bem-estar mental, físico e emocional se baseia em algo completamente fora de si e é por isso que quero compartilhar meu processo para gerenciar esses sentimentos.


1. Crie uma base sólida dentro de si: medite, faça um diário e cuide-se. Conheça e confie em si mesmo completamente. Quando você se sente calmo, confiante e forte por dentro, você está melhor equipado para gerenciar a incerteza sobre o que está acontecendo lá fora.


2. Mantenha-se centrado e claro em seus próprios objetivos e desejos pessoais, para que você possa tomar ações alinhadas e estar na energia do que deseja criar. Somos todos seres humanos incrivelmente criativos, que todos os dias estão moldando e moldando nosso mundo. Ao ter clareza sobre quem você é e o que deseja de um espaço alinhado e compassivo, você se tornará uma forte força criativa no mundo.


3. Lembre-se da qualidade e quantidade de informações que você recebe diariamente. Às vezes nos permitimos procurar informações que só nos levam a sentir  mais desesperados, impotentes e inseguros. Mantenha-se informado sobre o que realmente importa e desconecte-se do resto.


4. Esteja consciente de que energia você está colocando no mundo. Lembre-se somos criativos e nossos pensamentos, sentimentos, crenças e ações são poderosos. Eles somam! Pergunte a si mesmo: o que você está colocando lá fora? É medo e raiva, ou amor, compaixão e força?


5. Lembre-se de que o momento presente é tudo o que realmente temos. Certamente, é necessário planejar o futuro mas de nada adianta viajar criando histórias e cenários do que poderia acontecer. Mantenha-se presente nos acontecimentos do agora e mantenha-se focado no que você pode fazer neste momento.


6. Seja um farol de esperança, fé e confiança. Quando tudo mais falha, a prática da confiança é poderosa. Afirme dentro de si que a vida se desenrolará exatamente como deveria. Tenha fé que tudo está se encaixando. Seja uma fonte de luz e esperança para aqueles que o rodeiam.

Espero que esses simples lembretes sejam úteis para você neste momento e sempre que a vida começar a parecer esmagadora dessa maneira.


Lembre-se de que a vida está em constante estado de fluxo e refluxo, altos e baixos. Lembre-se também de que tanto quanto gostaríamos, não podemos controlar tudo o que acontece no mundo externo mas somos capazes de direcionar nossos próprios pensamentos, desejos, ações e ações.


Se todos nós coletivamente começarmos a assumir a responsabilidade pelo que está acontecendo dentro de nós mesmos, acredito que todos começaremos a sentir uma profunda sensação de paz, calma e felicidade.




0 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page