top of page

Borboletas...




Grande parte do meu trabalho de cura holística consiste na interpretação da linguagem e do simbolismo. É a minha maneira de acessar os tesouros enterrados na mente inconsciente e no mundo natural.


Ao longo dos anos tive a oportunidade de estudar e aprendi que o simbolismo por trás das palavras pode refletir os processos de pensamento e sistemas de crenças da cultura em que existe, criando diferentes visões de mundo.


Desenvolvi um fascínio pela linguagem e pelo significado simbólico. Deixe-me lhe dar um exemplo.


Alguns dias atrás, eu estava correndo por um caminho belo perto de minha casa e estava intencionalmente envolvido com os sons do mundo natural ao meu redor. Estava ventando um pouco mais que o normal, então era difícil ouvir os sons dos pássaros e insetos, então ouvi principalmente os sons do vento. De repente, aconteceu a coisa mais estranha.


Encontro com a Natureza


Notei uma grande borboleta branca voando na minha frente e então começou a voar em minha direção. Ao se aproximar, eu esperava que ele voasse ao meu redor do jeito que eu tinha experimentado outras tantas borboletas no passado, mas em vez disso ele voou direto para o meio do meu rosto, como se eu não estivesse lá. Fiquei um pouco chocada, para dizer o mínimo, e então comecei a rir. Por um breve momento passou pela minha cabeça o pensamento de que eu devia ter ficado invisível ou algo assim, porque a borboleta não parecia me ver ou sentir minha presença. No entanto, eu definitivamente acho que ele sentiu minha presença porque deve ter ficado atordoada com o meu impacto.


De qualquer forma, se eu estava procurando um encontro com a natureza, certamente consegui.


Ocorreu-me que talvez o encontro físico entre a borboleta e eu tenha sido intencional. Eu nunca tinha visto uma borboleta fazendo nada além de pousar de planta em planta, linda e dançando graciosamente no ar. Eu sabia que às vezes as borboletas pousam nas pessoas quando elas estão sentadas ou paradas, mas isso era de alguma forma diferente. Era como se essa borboleta tivesse uma mensagem para mim e quisesse ter certeza de que eu a receberia.


Significado da borboleta


Tendo escolhido a borboleta como símbolo da minha prática de bem-estar, senti imediatamente a necessidade de resolver o significado simbólico deste o encontro bizarro. Ocorreu-me que talvez a borboleta tivesse sido sacudida pelo vento, mas o vento não era tão forte. A borboleta muitas vezes simboliza o ar ou o vento, afastando as teias de aranha da mente para abrir caminho para a clareza mental, por isso parecia estranho que ela perdesse o equilíbrio ou a direção com o vento.


Com a borboleta colidindo na minha frente e no centro, talvez ela quisesse chamar minha atenção para algo bem na minha cara que estava sendo ignorado. Poderia ser esta a mensagem?


A borboleta não queria apenas ser vista, mas também ouvida? Deixe-me compartilhar o que sei sobre o simbolismo da borboleta e como ela incorpora meu trabalho.


Acredito que temos algo a aprender com cada criatura do mundo natural que nos rodeia. Ao estudar os seus padrões naturais de comportamento, começamos a compreender o quão semelhantes somos a eles e o quanto podemos aprender com eles. Através deste estudo ganhamos respeito pelas criaturas selvagens e também pelas que são domesticadas, e aprendemos algo sobre nós mesmos.


Nós nos beneficiamos quando trazemos a energia das criaturas terrestres, marítimas ou aéreas para nossas próprias vidas.


Desde a antiguidade, em muitas culturas, a borboleta é um símbolo da alma. Nosso propósito como seres humanos é experimentar mudanças naturalmente através de uma vida inteira de crescimento espiritual, desenvolvimento e autotransformação. Viajamos de uma fase da vida para outra, nascimento, infância, adolescência, idade adulta jovem, velhice, até à morte física. Há momentos em que nos sentimos confiantes e momentos em que nos sentimos vulneráveis. É aprender a avançar para o desconhecido, aquelas fases em que saímos da nossa zona de conforto ou entramos no caos, que nos permite criar, desenvolver e crescer.


A transformação da borboleta


Transformar ou curar o eu, redescobrir aquele autêntico eu interior, é a chave para minha própria jornada de cura e meu trabalho com os outros. A alma, aquele eu interior profundo que é eterno, é a parte autêntica de você que o conecta a Tudo o que Existe no Universo. Compreender a alma é essencial para compreender o conceito de cura.


A cura é retornar a si mesmo. Assim como a borboleta se livra das camadas que não servem mais para passar de larva a pupa, a cura envolve a remoção de todas as camadas de bagagem emocional reprimida que se acumularam sobre essa parte eterna de você durante sua vida. Essa bagagem emocional serviu como a história que você conta a si mesmo e aos outros sobre quem você é. É a conversa interna racional que gira em sua cabeça.


A borboleta gasta grande energia em metamorfose, transformação e mudança. A transformação da alma está na frente e no centro da cura. A transformação é uma arte que surge naturalmente para nós quando deixamos de lado a necessidade de resistir e controlar.


A borboleta não luta contra as posses naturais da vida, mas aceita mudanças em seu corpo físico e em seu ambiente. Ela é um símbolo de manter a esperança e ter fé de que tudo funcionará como deveria acontecer naturalmente. A borboleta não fica preocupada, irritada, zangada ou com medo de mudanças. Ela segue a evolução ou fluxo natural que é destinado a ela e abraça e acolhe as mudanças, e você também deveria.


A vida pode nem sempre ser como você acha que deveria ser, mas em cada obstáculo ou dificuldade há uma lição valiosa a ser aprendida. Não existem erros ou equívocos na vida, há apenas lições a serem experimentadas. Você está valorizando essas lições, independentemente de quão desagradáveis ​​elas possam ter sido para você? Ou… você está criando uma história de vítima sobre a experiência que se sobrepõe ao seu eu autêntico?


É importante entender onde você está neste momento de sua própria transformação para poder seguir em frente. Através das lições da borboleta, você se torna consciente dos ciclos do tempo e dos ciclos de mudança. Você está na fase do ovo apenas começando o processo? Você está apenas transformando um pensamento em uma ideia?


Você está na fase de larva, já manifestando suas idéias no mundo, talvez com uma decisão que precise ser tomada para levá-lo adiante? Você precisa reunir recursos ou conhecimentos extras para a jornada que tem pela frente? Você precisa trabalhar com outras pessoas para atingir seu objetivo?


Você é a pupa formando a crisálida, abandonando o velho para se preparar para o novo? É hora de entrar em um período de reflexão ou integração? Você está considerando o que naturalmente deve fazer ou desenvolver? O que traria alegria ao seu coração? Onde estão suas paixões? Você está permitindo que o medo o impeça de seguir em frente?


Você está entrando na fase adulta final de deixar a crisálida e dar à luz algo novo ao mundo? Ao mudar de forma, você está se perguntando como poderia compartilhar tudo o que criou com as pessoas ao seu redor? Você está descobrindo como ser autêntico, viver com integridade e mostrar suas verdadeiras cores como a borboleta? Você está disposto a se revelar com toda a sua magnificência para as pessoas ao seu redor ou tende a esconder seus talentos e ficar frustrado quando eles passam despercebidos? Você está disposto a experimentar a expansão da sua luz interior à medida que ela se irradia pelo mundo, espalhando beleza, amor, paz e alegria para todos aqueles ao seu redor?


Abraçando a mudança como uma borboleta


A borboleta mostra coragem durante o processo de mudança à medida que avança para o mundo desconhecido, de estágio em estágio, emergindo finalmente em um novo mundo infinitamente repleto de possibilidades pacíficas. A borboleta surge percebendo que faz parte de um todo maior, em unidade com o resto do universo. Ela sai da crisálida e descobre que tem asas magníficas para voar. A borboleta personifica a mudança e com o bater de suas asas ela irradia movimento energético para o mundo. Isso é conhecido no campo da física como Efeito Borboleta.


É a crença de que existe uma dependência sensível das condições iniciais e que o menor movimento da asa da borboleta poderia criar um movimento de energia maior em algum outro lugar do mundo. Ao aceitar a transição e a mudança como uma parte natural da vida, você também encontrará asas para voar alto. Esteja ciente de que este é seu direito de nascença. A vida continuará a desafiá-lo, mas é a sua atitude perante a vida e a sua resposta a esses obstáculos que muda o seu resultado ao longo da sua jornada espiritual.


Abraçar a mudança e ser corajoso deve ser um processo natural. Em algumas situações, você pode ter sido excessivamente advertido quando criança ao sair para explorar o mundo que o cercava. Isso pode ter feito com que você desenvolvesse medo ou resistência à mudança e ao mundo desconhecido ao seu redor. Você não se sentia mais seguro explorando o mundo. Você só se sentiu confortável e seguro quando construiu uma estrutura rígida de segurança e constância em torno de sua vida. A necessidade de controlar tornou-se a sua norma na sua vida. As mudanças suscitaram medos e você começou a lutar contra eles. Quando você resiste à mudança, você enfrenta obstáculos maiores na vida, e a saúde e o bem-estar do seu corpo físico, mental, emocional, espiritual e energético ficam comprometidos.


Interligado ao Todo


A borboleta aceita que faz parte do mundo natural, e você também deve fazê-lo. Você está interconectado como uma criatura do mundo natural. Através das lições da borboleta, você começa a compreender a interconectividade e percebe que é inseparável da natureza. Você é a natureza.


Quando você interage com toda a natureza, você aprende a ter compaixão e respeito pela natureza, que se transforma em compaixão e respeito por si mesmo e pelos outros. O amor próprio é o resultado desejado de qualquer jornada de cura. O amor próprio é um retorno a si mesmo e a liberdade de aceitar a si mesmo e a vida como ela é. O amor próprio libera o apego aos medos avassaladores e, como a borboleta, você encontra sua coragem natural. Lembre-se de que, depois de iniciar sua jornada de cura, não há como voltar atrás. A borboleta nunca pensaria em voltar a ser uma lagarta ou um ovo,


A filosofia de Heráclito de que não há nada permanente ou constante na vida, exceto a mudança, desempenhou um papel importante na minha vida. Descobri que quando metade de qualquer relacionamento, ou da sociedade como um todo, se apega ao status ou a velhas estruturas, tentando deter o suave fluxo de energia em mudança, conflitos ocorrerá e resultarão em sintomas pessoais ou sociais de mal-estar. Abraçar a inevitabilidade da mudança é um elemento fundamental para uma vida de equilíbrio, amor próprio e paz interior. Você não pode ter paz interior se estiver em batalha contra a natureza da mudança, pois as duas não podem existir no mesmo espaço.


A borboleta é amada pela beleza, elegância, cor, paz e alegria que traz a qualquer situação. Ela o encoraja a dançar levemente sobre a terra, assim como ela dança de flor em flor. Dançar é tão natural quanto respirar eu adoro a sensação de movimento em todas as diferentes batidas e ritmos. Com a dança vem a diversão, o riso e a celebração. A borboleta incentiva você a aproveitar cada fase da vida e celebrá-las com ritos de passagem.


A energia da borboleta também pede que você se anime e não leve a vida muito a sério. Este é um ditado que tenho que me lembrar regularmente de prestar atenção. A borboleta nos lembra de aproveitar a vida, pois ela é apenas um momento passageiro, e de abraçar a mudança sempre que ela se apresentar, pois a transformação dá nova vida a todas as situações. Eu encorajo você a dançar fisicamente, balançando ao ritmo da música, e se isso não for fisicamente possível, dançar figurativamente. Seja grato a todas as criaturas do mundo que conectam suas frequências de vibração energética às suas. Todos eles acrescentam uma dimensão de riqueza à sua vida para evitar que você a tome como garantida.


E o fato de a borboleta que voou na minha cara ser branca? A cor tem um imenso significado simbólico. Acredita-se que a borboleta branca represente uma alma pura. É espiritualmente considerado um guardião ou espírito de outro reino, ajudando você ao longo de sua jornada de vida.


A borboleta branca é sinal de boa sorte e traz consigo a perspectiva de uma vida boa. Talvez tudo isso seja um bom presságio.


Abrace a mudança como um modo de vida


O primeiro passo para a cura é reconhecer a necessidade de cura e comprometer-se com a sua própria jornada de cura. Quando você corajosamente abre esta porta, entregando-se à vulnerabilidade, o amor curador pode começar a fluir livremente dentro de você e para o mundo.


Acredito que meu encontro com a borboleta na corrida foi um lembrete para trazer à frente e centralizar esta mensagem imensamente importante sobre fluir com a mudança e abrir-se para a transformação.


Como você pode estar resistindo à mudança em sua própria vida?




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page