top of page

12 dicas de quimioterapia de pacientes com câncer que já passaram por isso



A fadiga da quimioterapia é diferente de qualquer outra.


Se você está prestes a fazer quimioterapia pela primeira vez, deve estar se perguntando o que esperar desse tipo de tratamento contra o câncer .


1. Descanse um pouco


A fadiga é o efeito colateral mais comum experimentado por pacientes com câncer, especialmente aqueles submetidos à quimioterapia. Portanto, descanse bastante e evite se esforçar demais, mesmo que esteja se sentindo bem.


Seja paciente consigo mesmo e com os outros também, pois pode levar algum tempo para recuperar os níveis normais de energia. E lembre-se: não há problema em pedir ajuda para ter calma.


A fadiga causada pela quimioterapia é diferente de qualquer outra. O mais próximo que posso comparar é quando as crianças são bebês e você está tão cansado que mal consegue colocar um pé na frente do outro.


2. Mantenha-se hidratado 


Diarréia e vômito e outros efeitos colaterais da quimioterapia podem deixá-lo desidratado . Isso não só pode esgotar seus níveis de energia; também pode levar a outros problemas de saúde. Portanto, não se esqueça de beber bastante água durante o tratamento. Chá descafeinado, sucos e leite também podem ajudar. Se você estiver tendo problemas para obter líquidos suficientes para se manter hidratado, converse com sua equipe médica.


3. Coma quando puder


A quimioterapia pode causar náuseas e perda de apetite , por isso é importante comer quando puder para evitar ficar desnutrido. Lembre-se de que muitos alimentos podem ter sabores diferentes durante o tratamento. Para alguns pacientes, os alimentos podem apresentar um sabor metálico durante e após a quimioterapia.


Meu apetite foi inexistente até o fim, do tratamento. Então o sabor da comida desapareceu completamente e tudo começou a ter gosto de metal. Até então, eu fazia questão de comer normalmente, mas tive que mudar para refeições líquidas nas primeiras semanas.


4. Prepare-se para uma possível queda de cabelo 


A maioria dos pacientes com câncer submetidos à quimioterapia apresentam queda de cabelo, geralmente começando cerca de uma a três semanas após o primeiro tratamento. Para alguns, o cabelo cai gradualmente, enquanto outros acordam com grandes tufos no travesseiro. A perda ou não do cabelo depende do tipo e da dosagem da quimioterapia que você está recebendo.  


Converse com seu médico sobre o que esperar antes de iniciar o tratamento e, em seguida, faça planos sobre o que você fará se e quando perder cabelo. Você pode considerar cortar o cabelo curto ou raspar a cabeça, por exemplo, ou decidir experimentar perucas, lenços, turbantes ou chapéus. 


5. Crie um senso de normalidade


Atenha-se às suas rotinas diárias normais, tanto quanto possível. Pode ser algo tão pequeno quanto levantar-se e vestir-se todas as manhãs ou fazer uma refeição com sua família todos os dias. Esses rituais podem ajudar a afastar sua mente do câncer.


Estruturei meus dias mantendo o máximo possível da minha rotina normal, tinha dias que era mais difícil manter tudo isso e tudo bem, me permitia descansar e ficar quieta em casa.


6. Conte com sua equipe de apoio e atendimento para apoiá-lo durante todo o tratamento 


Passar pela quimioterapia é difícil, então peça apoio à sua família, amigos e equipe médica. Sua equipe de médicos e enfermeiros farão tudo o que puderem para mantê-lo confortável. Mas é importante fazer perguntas e expressar preocupações, para que eles possam ajudar quando você não estiver bem.


O meu marido coordenou tudo e garantiu que tudo corresse bem. E foi realmente uma bênção.


Minha mente estava disposta, mas meu corpo simplesmente não conseguia cozinhar. Graças a ele, não precisei me preocupar com o que minha família iria comer enquanto eu estava em tratamento contra o câncer.


7. Mantenha por perto coisas que lhe tragam conforto


Traga seu cobertor preferido, um lanche saboroso, seu melhor amigo, um bom livro ou o que lhe trouxer mais conforto e mantê-lo ocupado enquanto espera, já que muitas vezes essa quimioterapia pode demorar horas.


8. Fique à frente da sua náusea


Muitos pacientes apresentam náuseas durante e após a quimioterapia. Portanto, preencha suas prescrições para náusea antes de começar e tome-as exatamente como indicado antes de cada tratamento para que elas façam efeito antes que a náusea apareça.


Alguns pacientes podem pensar. Bem, não estou sentindo náuseas hoje, então vou simplesmente pular uma dose do medicamento. Mas ai acontece os problemas com a náusea, e você tem que tentar se recuperar e esperar o desconforto passar. Isso não é bom, já que pode atrasar o seu tratamento.


Se seus medicamentos para náusea não funcionarem, peça ao seu médico uma receita diferente.


Podem ser necessárias algumas tentativas para encontrar aquele que funciona melhor para você.


Sentar ao ar livre e tomar um pouco de ar fresco também pode aliviar um pouco as náuseas. Picolés, balas e chicletes também podem ajudar.


9. Mantenha-se positivo


Às vezes, nossos medos são piores que a realidade e cada dia de tratamento pode nos surpreender.


Procure os aspectos positivos do seu dia por mais pequenos e insignificantes que possam parecer para manter o seu ânimo elevado.


Comemorei cada vez que um exame mostrava que o tumor estava diminuindo. E comemorava quando conseguia me levantar disposta e animada, fazer uma makeup e dar um passeio para encontrar alguns amigos, principalmente nos dias em que eu realmente não queria.

 

10. Leve a sério os conselhos de higiene bucal


Como a quimioterapia atua atacando células de crescimento rápido, ela também pode atingir células saudáveis ​​por engano, incluindo aquelas que revestem o trato gastrointestinal. Quando isso acontece, às vezes o resultado pode ser feridas dolorosas na boca.


Portanto, é importante levar a sério todas as sugestões da sua equipe médica para sua prevenção. 


Um efeito colateral que não consegui evitar foram feridas na boca. Eu tinha feridas até na minha garganta, era dores horriveis até eu saber do laser, que foi a grande salvação durante os meses seguintes do meu tratamento, junto com produtos especias como pasta de dente, enxaguante bucal e muita hidratação.


11. Fique atento a sinais de neuropatia 


Muitos medicamentos quimioterápicos causam um efeito colateral conhecido como neuropatia periférica , ou dor, dormência ou sensação de formigamento nas mãos e nos pés. Às vezes, a neuropatia pode ser moderada com um ajuste de dose ou uma pausa no tratamento. Mas sua equipe de atendimento não poderá resolver o problema se você não informar que você o tem. Portanto, fique alerta e avise-os imediatamente caso comece a sentir essas sensações. 


Fique atento ao subir e descer escadas, coisas bobas que sempre foram sua rotina podem ser mais difíceis nesse momento, porque a conexão normal entre seu cérebro e os pés nem sempre existe.


12. Lembre-se de que a experiência de cada pessoa com a quimioterapia é diferente


Você pode receber muitos conselhos de outros pacientes, mas lembre-se, sua experiência com a quimioterapia não será necessariamente a mesma de qualquer outra pessoa.


Algumas pessoas podem querer ficar na cama por dias após uma infusão, enquanto outras podem cuidar de suas vidas em apenas alguns dias. E enquanto alguns pacientes perdem o cabelo rapidamente, outros mantêm o cabelo por muito mais tempo ou nem o perdem.


Essa não foi minha experiência. Portanto, vá com calma, preste atenção aos seus efeitos colaterais e compartilhe suas dúvidas e preocupações com sua equipe médica.





1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page