top of page

Perguntas Frequentes sobre jejum intermitente, sete perguntas mais comuns respondidas.

Atualizado: 21 de fev.




O jejum intermitente tem sido usado como ferramenta terapêutica há milhares de anos. Os líderes espirituais usaram o jejum intermitente para promover a paz, os filósofos gregos usaram o jejum para aprimorar suas habilidades cognitivas e os humanos nômades praticavam o jejum regularmente durante os períodos de festa e fome.


Embora o jejum não seja novidade para o mundo, ele tem sido bastante impopular na cultura ocidental moderna. A modernidade encoraja mais da maioria das coisas, e ficar sem alimentos básicos como comida vai contra as nossas normas culturais do primeiro mundo. Preferimos manter as coisas do jeito que gostamos, abundantes e disponíveis sob demanda.


Nos últimos anos, porém o jejum se tornou cada vez mais popular graças aos profundos benefícios à saúde. O jejum foi clinicamente associado à perda de peso, melhorar o controle do açúcar no sangue, função cerebral saudável e prevenção do câncer, para citar alguns.


Mas, como o jejum intermitente tem se tornado a última moda nos últimos anos, e sendo assim buscamos incansavelmente informações tanto precisas quanto imprecisas sobre o que é o jejum e como fazê-lo. Às vezes, o grande volume de informações disponíveis é assustador e, se você é novo no jejum, pode se sentir um pouco perdido.


Abaixo, eu respondo 7 de suas perguntas mais comuns sobre o jejum intermitente para que você possa decidir se o jejum é certo para você.


1. NÃO É SAUDÁVEL PULAR O CAFÉ DA MANHÃ?


Pular o café da manhã não é prejudicial à saúde, especialmente porque a maioria dos alimentos do café da manhã, como cereais, pães, embutidos e sucos carregados de açúcar. Essas coisas não são saudáveis ​​a qualquer hora do dia, muito menos como uma refeição matinal.


A crença comum de que o café da manhã é essencial para acelerar o metabolismo e promover o funcionamento saudável do cérebro também é equivocada. Na verdade, estudos mostram que não há diferença nas calorias queimadas ao longo do dia entre pessoas que comem ou pulam o café da manhã. Também há evidências clínicas de que o jejum aumenta as habilidades cognitivas e a clareza mental. 


2. POSSO BEBER LÍQUIDOS DURANTE MEU JEJUM?


Sim! Beber bebidas não calóricas ou hipocalóricas é perfeitamente normal durante o jejum.

Em geral, é importante ter em mente que a água é o líquido mais importante para mantê-lo saudável. É essencial manter as funções corporais adequadas, manter a pele saudável e garantir que o sangue flua com eficiência.


Aqui está um pequeno fato para colocá-lo em pratica, o ser humano pode viver semanas sem comida, mas irá sofrer graves consequências depois de apenas alguns dias sem água.


Estes são os líquidos para mantê-lo hidratado e satisfeito durante o jejum:

  1. Água (sem gás ou com gás)

  2. Café

  3. Chá (sem açúcar)

  4. Caldo de osso ( excelente)


Tecnicamente, adicionar óleo de coco em suas bebidas quebra as regras tradicionais de jejum.


3. POSSO MALHAR EM JEJUM?


Praticar exercícios em jejum é perfeitamente normal. Normalmente, o corpo cria energia por meio do açúcar que é armazenado como glicogênio no fígado. Quando você se exercita em jejum, é provável que você esgote essas reservas e em vez disso seu corpo queima gordura como combustível, o que leva à perda de peso. 


Aqui estão algumas dicas para orientar sua rotina de exercícios durante um jejum:


  1. Exercite-se no início do jejum, e não no final

  2. Mantenha-se hidratado bebendo bastante água

  3. Mantenha seus eletrólitos altos

  4. Exercite-se em pequenas janelas para monitorar seu corpo


A chave é ouvir seu corpo. Se você sentir tonturas ou vertigens durante o exercício, pode ser hora de um pouco de água, eletrólitos e uma refeição. Se você está procurando dicas adicionais ou para desenvolver uma rotina de exercícios individualizada certa para você, consulte seu médico.


4. COMO O JEJUM INTERMITENTE AFETA MEUS HORMÔNIOS?


Quando você jejua, seu corpo responde sinalizando alterações em dois hormônios principais, insulina e hormônio do crescimento humano. Veja como esses hormônios importantes desempenham um papel no jejum intermitente:


  1. Durante o jejum, os níveis de hormônio do crescimento humano (hGH) aumentam. Isso ajuda você a perder peso, construir músculos e gerar novas proteínas para o reparo celular. 

  2. Durante o jejum, os níveis de insulina caem dramaticamente. Isso ajuda a tornar a gordura corporal mais acessível como fonte de combustível, uma vez que níveis baixos de insulina sinalizam ao corpo que não há glicose suficiente para aumentar a atividade celular. 


A modulação desses dois hormônios é a chave para alguns benefícios significativos para a saúde do jejum intermitente. Eles ajudam todo o corpo a passar da produção de energia da glicose para a produção de energia adiposa ou gordurosa.


5. QUEM DEVE EVITAR O JEJUM INTERMITENTE?


Nas circunstâncias certas, o jejum traz benefícios profundos para o corpo. Ele estimula a agilidade metabólica, o reparo celular e até tem efeitos profundos nos genes relacionados à longevidade. Mas o jejum intermitente não é para todos.


Consulte o seu médico para determinar se o jejum intermitente é adequado para você, especialmente se você:


  1. Ter diabetes: embora o jejum intermitente melhore a sensibilidade à insulina e tenha se mostrado benéfico para pessoas com diabetes tipo 2, você deve conversar com um profissional de saúde para monitorar seus níveis de açúcar no sangue.

  2. Ter uma história de distúrbio alimentar: o jejum intermitente pode encorajar uma relação doentia com a comida se você estiver propenso a comportamentos alimentares inadequados. 

  3. Esta grávida ou amamentando: De acordo com pesquisas e estudos, as mulheres que amamentam se beneficiam do aumento de calorias, já que as mulheres precisam de 300 a 500 calorias extras por dia para manter a produção de leite. Restringir as calorias pode ser imprudente nessas circunstâncias. 

  4. Tome medicamentos regularmente: Se você toma medicamentos com alimentos, verifique com seu médico para garantir que o jejum não interfere em suas rotinas regulares.


É aconselhável que todos quer você atenda aos critérios acima ou não consultem um profissional de saúde antes do jejum. 


6. E SE EU ESTIVER COM FOME DURANTE O JEJUM?


No início, é comum sentir fome durante o jejum. À medida que seu corpo fica melhor em alternar entre as fontes de açúcar e gordura, você não sentirá fome com tanta frequência.


Na verdade, a maioria das pessoas fica surpresa com a eficiência com que seu corpo funciona quando estão em jejum. Se você ainda está sentindo fome frequente tudo bem. Significa apenas que você tem algum trabalho a fazer para se tornar metabolicamente flexível. Continue tentando e não desista.


7. COMO DEVO QUEBRAR MEU JEJUM?


Após o jejum, pode ser tentador se alimentar com uma grande quantidade de alimentos não saudáveis. Mas isso prejudicará o sucesso do seu jejum e provavelmente só causará dor de estômago.


Eu recomendo fazer um lanche pequeno e saudável para quebrar o jejum, como um punhado de nozes, abacate e gorduras boas. Dê a si mesmo trinta minutos para digerir e depois faça uma refeição regular.


PREPARE-SE PARA O SUCESSO DO JEJUM


O jejum intermitente é uma ferramenta terapêutica que leva algum tempo para ser dominada. Tudo bem se você levar um tempo para se sentir bem e confortável com o jejum na primeira tentativa. Com prática, paciência e hábitos saudáveis ​​entre os jejuns, você dominará a abordagem metabólica da saúde em um piscar de olhos.


Acho importante abordar as ferramentas terapêuticas com este método simples, testar, avaliar e principalmente ficar atento ao seu corpo, como você se sente ao longo do dia e faça as alterações necessárias. E sempre converse com seu médico sobre mudanças em sua rotina de bem-estar.


Ou deixe suas perguntas nos comentários! Eu adoraria responder a quaisquer outras perguntas que você tenha sobre jejum e bem-estar metabólico para você começar com o pé direito 2021.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page